Blog Aprender Brincando Blog Aprender Brincando
27 mar

Saiba como o raciocínio lógico contribui para a evolução em sala de aula

Boas práticas ludopedagógicas

Já falamos aqui no blog sobre a diferença da alfabetização e do letramento. Enquanto no primeiro conceito estão lições para aprendizagem da escrita e da leitura, no segundo entram ações para para a inclusão do aluno na sociedade através da interpretação da escrita ou de símbolos.

Nesse processo, há outra questão fundamental no desenvolvimento: o raciocínio lógico. É através dele que a criança aprende a assimilar e interpretar os conteúdos apresentados para ela. Além de simplesmente ler ou entender, ela é capaz de resolver problemas, organizar as ideias com clareza e criar argumentos relacionados ao tema.

Muita gente ainda assimila o raciocínio lógico apenas como um fator de apoio no ensino de matérias ligadas às áreas exatas. No entanto, ele vai muito além da matemática. Pode ajudar o estudante a compreender questões históricas e desenvolver uma narrativa concisa, por exemplo.

O biólogo e psicólogo suíço, Jean Piaget, deixava claro que este é um passo fundamental para o desenvolvimento. O estudioso dizia que o conhecimento é construído através da experiência mas, também, do raciocínio.

Jogos em sala de aula = ferramentas fundamentais

Diante da importância de apoiar os alunos no desenvolvimento do raciocínio lógico, fica a pergunta: quais mecanismos podem ser utilizados para este fim em sala de aula?

Os jogos são ferramentas imprescindíveis para isso, pois proporcionam desafios gradativos que potencializam o desenvolvimento do pensamento lógico. Através da PlayTable, oferecemos games que unem diversos conceitos apresentados em sala de aula e que serão aplicados justamente para desenvolver esta questão. Um dos exemplos é o jogo Meu Jardim, que traz uma espécie de quebra-cabeças com peças em formatos de hexágono e que desafia a criança a formar os desenhos com o encaixe correto das opções. Diferente das versões comuns, ele traz uma sequência de cores e desenhos que precisam estar alinhados para garantir a finalização do processo.

Além de apoiar na interpretação de textos, de conceitos e de análise, o raciocínio lógico é também um aliado para a aprendizagem da matemática. O jogo Debaixo dos Corais, por exemplo, é ideal para apoiar estes conceitos. Num cenário que lembra o oceano, a criança precisa descobrir quantos peixinhos estão escondidos. Através exercícios de sequenciação e seriação, o aluno vai acumulando pontos a medida que o jogo se desenvolve. 

A PlayTable possui mais de 20 jogos que potencializam o desenvolvimento do raciocínio, para crianças de 3 a 12 anos.

 

Comentários

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!

Receba as nossas novidades

a gente promete só enviar notícias legais! ;)