Blog Aprender Brincando Blog Aprender Brincando
09 jun

Quero mudar meus métodos de ensino no primeiro ciclo. Por onde começar?

Fundamentos da ludopedagogia shutterstock_48467716

A falta de interesse, a dispersão e a dificuldade no aprendizado dos alunos são questões presentes na cabeça de qualquer professor preocupado com a aprendizagem de todos. Parte das razões para esse comportamento das crianças vem do fato de elas ainda não entenderem a importância dos estudos e acreditarem que ir a escola não é legal. Mas também há outro fator que deve ser refletido: será que os professores de hoje estão adotando métodos de ensino no primeiro ciclo interessantes para o seu público alvo? Por que estudar não pode ser divertido?

Certamente ainda há muito o que melhorar nas salas de aulas brasileiras. Muitos professores ainda utilizam do velho método expositivo de lecionar, que não favorece o engajamento das crianças aos novos assuntos. Esse modelo não estimula os pequenos a interagirem e a se expressarem. Com isso, a tendência é que, ao invés de pensar e raciocinar, os alunos acabem sendo norteados pelo aprendizado da “decoreba”. Em um espaço em que as crianças não são estimuladas a raciocinar, a viabilidade do modelo de ensino se mostra falida.

O que se tenta, a partir do governo, é implantar algumas diretrizes novas de educação tanto em escolas públicas, como também em redes de ensino particulares. No Plano Nacional de Educação, PNE, há documentos que orientam os professores em determinados assuntos. O MEC propõe que o lúdico esteja sempre presente e as crianças sejam tratadas como crianças, ou seja, que tenham oportunidade de brincar!

Levando isso em consideração, alguns recursos que contribuem para a construção de um modelo de ensino mais interessante e envolvente são:

* A utilização do lúdico dentro da sala de aula, como brincadeiras, jogos, músicas, teatros, e poesias. Essa prática pode ser inserida inclusive nas aulas de português e matemática, para facilitar a aprendizagem e aumentar a bagagem cultural. Além disso, dentro da brincadeira, são desenvolvidas habilidades emocionais e sociais. Quando os alunos estão brincando, acabam sendo também mais receptivos, e é aí que entra a intervenção pedagógica;

* Vale utilizar também recursos como apresentações multimídia, livros de história e passeios para deixar a jornada de ensino mais prazerosa. É interessante que a criança aprenda o que há por trás de cada assunto. Um exemplo é compreender o porquê uma guerra ocorreu em vez de exigir que ela decore a data em que ela eclodiu;

* Incentivar a interdisciplinaridade no ensino. Uma aula de educação física, por exemplo, pode explorar conceitos de localização da geografia. Já as datas históricas podem fazer parte das questões dos problemas de matemática.

A partir desse cenário, é possível perceber que há propostas muito interessantes e fáceis de serem aplicadas na sala de aula para tornar  ensino mais atrativo. O modelo antigo e tradicional de aula expositiva com o quadro negro pode ser aprimorado com a utilização de recursos lúdicos. Para formar um adulto adaptado às necessidades do mundo de hoje, é preciso que os métodos de ensino no primeiro ciclo criem um ambiente que estimule as crianças a ter curiosidade e a participar.

Comentários

Receba as nossas novidades

a gente promete só enviar notícias legais! ;)