PlayTable na Educação Inclusiva

A tecnologia é amiga da acessibilidade e, neste sentido, tem sido usada, cada vez mais, como ferramenta de transformação e de integração, contrariando a teoria de que computadores, tablets, smartphones, videogames e outros equipamentos isolam as pessoas.

Ao invés de transferir para dispostivos eletrônicos a responsabilidade pela educação, pais e professores encontram na aplicação correta desses instrumentos uma forma bastante eficiente de ampliar a inclusão. A Escola Municipal Adelaide Starke, em Blumenau (SC), está utilizando a PlayTable na educação inclusiva. A mesa digital com jogos educativos ajuda no aprendizado e na integração de crianças com deficiência.

A escola é referência na região do Vale do Itajaí/SC pelo trabalho desenvolvido na área  e atende cerca de 30 crianças e adolescentes, do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, com diferentes tipos de deficiência. A instituição possui uma Sala de Recursos Multifuncionais, equipada com jogos pedagógicos de inclusão, onde é feito o Atendimento Educacional Especializado (AEE), complementar às aulas regulares.

Este projeto abrange a capacitação dos professores e visitas mensais à escola para acompanhar a aplicabilidade da PlayTable, especialmente na educação inclusiva. O principal objetivo desse projeto é identificar diferentes maneiras de trabalhar envolvendo crianças com e sem deficiência, bem como os resultados obtidos no desenvolvimento motor, cognitivo e psíquico.

Confira na imprensa as matérias referente a este projeto:
Blog Vencer Limites do Estadão RBS TV SC Portal Sala Aberta

Playmove

Tecnologia que diverte e ensina

A Playmove é uma EdTech brasileira que nasceu em 2013 com o propósito de transformar o processo de aprendizagem em algo divertido, interativo e estimulante. Sediada em Blumenau-SC, a empresa é criadora e fabricante da PlayTable, a maior plataforma de jogos educativos do Brasil.

A PlayTable está presente em mais de mil escolas públicas e privadas de todo o Brasil, atendendo a mais de 350 mil estudantes de 3 a 12 anos. A solução é composta por uma mesa interativa resistente e segura, jogos educativos desenvolvidos por especialistas e um portal online para acompanhamento dos alunos e capacitação para professores.