Blog Aprender Brincando Blog Aprender Brincando
06 jul

Ludopedagogia no ensino fundamental: lições de matemática

Tecnologias ludopedagógicas ensino de matematica

Ao longo dos últimos textos, o blog Aprender Brincando tem argumentado que as brincadeiras não devem ser apresentadas apenas como um passatempo. Essa premissa vale também para o ensino fundamental, quando as crianças começam a ler, escrever, aprender matemática, ciências, história e geografia. A diferença entre o puro entretenimento e o aprendizado com métodos lúdicos é definida pelo próprio professor, ou seja, ele é o responsável por transformar as lições de matemática em algo divertido, por exemplo.

O psicólogo Jerome Bruner argumenta em seu livro “O processo da Educação” (Editora Nacional, 1978) que o mais importante no ensino de conceitos básicos é “ajudar a criança a passar progressivamente do pensamento concreto à utilização de modos de pensamento conceitualmente mais adequados”. Para ele, é ocioso apresentar explicações formais, baseadas em uma lógica muito distante da maneira de pensar da criança. Por isso, neste post, o objetivo é expor algumas técnicas ludopedagógicas para aplicar nas lições de matemática no ensino fundamental.

Essa disciplina deve ser trabalhada para permitir que o aluno desenvolva a criatividade para refletir, analisar e tomar decisões na resolução dos problemas cotidianos.  Veja alguns exemplos de lições de matemática lúdicas:

1) Bingo matemático

Esse jogo, proposto por Daniele de Miranda para o Brasil Escola, assemelha-se ao bingo tradicional, mas as cartelas contêm operações de multiplicação ou quaisquer outras relacionadas a conteúdos matemáticos.

É necessário ter 2 ou 3 crianças, mais uma pessoa para sortear as fichas, uma tabela por participante e fichas que correspondam aos resultados de cada operação das fichas. Cada participante escolhe uma tabela (desenhada previamente em papel cartolina ou outra superfície). Em seguida, o responsável pelo sorteio escolhe as fichas aleatoriamente. A cada ficha, os jogadores devem procurar em sua tabela a resposta para a operação. Por exemplo: se a ficha sorteada for 12, os jogadores podem colocar o feijão sobre as operações 2×6 ou 3×4. O primeiro a preencher toda a cartela pode gritar “Bingo” e comemorar a vitória.

2) Fábrica de números

Esse é um jogo eletrônico, disponível para a Playtable, que oferece uma dinâmica em que os cálculos resolvidos são combustíveis para uma fábrica de brinquedos. Assim, as crianças devem resolver contas de adição e subtração para colocar a máquina para funcionar. O game é voltado para crianças com mais de 7 anos.

3) Batalha naval

Essa atividade deve ser jogada em dupla, e os materiais são: dois conjuntos de fichas com resultados da tabuada de 8, 9 e 10 (com cores diferentes entre si), e duas cartelas como essa abaixo:

Antes de iniciar o jogo, deve-se estabelecer o total de fichas que será usado (se 10, 20 ou 30 fichas para cada jogador participante). Cada jogador fica com um conjunto de fichas da mesma cor.

Em seguida, os jogadores distribuem as fichas em suas cartelas da maneira que achar conveniente. Eles devem estar sentados frente a frente a uma distância razoável, de modo que um não veja o jogo do outro.

O primeiro jogador, determinado por sorteio, dá um tiro, ou seja, escolhe um número de 1 a 7 e uma letra de A a J — D4, por exemplo. Se houver uma ficha, ele diz qual é o número para que o jogador que deu o tiro efetue a multiplicação correspondente. Por exemplo: se em F3 houver uma ficha com o número 80, ele deve dizer 8 x 10 ou 10 x 8. Se acertar o resultado, o primeiro jogador pega para si a ficha do adversário, deixando-a ao seu lado. Se errar, o adversário fica com a ficha.

Se o primeiro jogador der um tiro e não houver fichas no local escolhido, o adversário diz água e prossegue o jogo dando o seu tiro. Cada jogador tem direito a apenas um tiro por vez. A letra e o número correspondente ao tiro na água devem ser anotados numa folha à parte, para que o jogador não dê esse tiro novamente. Vence quem obter o maior número de fichas.

Se você usa outros métodos lúdicos para ensino de matemática no ensino fundamental, compartilhe conosco. O seu jogo pode virar tema do blog Aprender Brincando.

Comentários

Receba as nossas novidades

a gente promete só enviar notícias legais! ;)