Blog Aprender Brincando Blog Aprender Brincando
28 set

Experiências inovadoras em educação para implantar na sua escola

Boas práticas ludopedagógicas playtable_infantil

Professores do mundo todo estão busca de experiências inovadoras em educação para aplicar em sala de aula e aperfeiçoar o processo de ensino e aprendizado. Segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), da taxa de evasão nas escolas brasileiras é alta: 24,3%, que representa a terceira maior taxa de entre os 100 países com o maior Índice de Desenvolvimento Humano. Esse também é um alerta de que a inovação precisa urgentemente fazer parte do cotidiano escolar.

Regularmente apresentamos experiências inovadoras em educação que merecem ser compartilhadas e podem ser replicadas na sua escola. São dicas sobre ferramentas pedagógicas, projetos e até metodologias de ensino. A própria ludopedagogia é uma alternativa que pode ser amplamente explorada para estimular os alunos, ampliar a interação e promover a inovação. Confira a seguir algumas experiências que podem ser implantadas na sua escola.

Desenvolvimento de competências socioemocionais – A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho e o Grupo RBS criaram o game Logus – A Saga do Conhecimento, que tem o propósito de estimular o protagonismo das crianças e impulsionar a transformação de suas realidades e comunidades. Por meio de uma narrativa que usa a gamificação, o desafio gera experiências inovadoras em educação. Os estudantes recebem desafios que envolvem ações de sustentabilidade, leitura, cidadania e transformação do ambiente escolar.

O game Logus incentiva o desenvolvimento de competências socioemocionais a fim de promover o perfil de um jovem protagonista: mobilização, criatividade, espírito de equipe, inovação e atitude. Como os desafios são reais, as experiências inovadoras em educação não ficam só em sala de aula, pois mobilizam pessoas do ambiente escolar e fora dele.  

Arte e sustentabilidade – As experiências inovadoras em educação também podem integrar disciplinas e criar equipes formadas por crianças em diferentes estágios de aprendizagem. Foi o que fez o professor Anderson José Coresma Teixeira para abordar a obra do pintor Van Gogh estimulou o cultivo de girassóis. Os alunos do ensino fundamental se uniram para realizar a atividade, que ampliou o senso de coletividade, trabalhou a paciência e a perseverança das crianças e resultou em um belo jardim.  

Quando o assunto é o ensino de história ou artes, a maioria dos professores recorre aos tradicionais lápis de cor, tintas ou argila. Mas, para criar experiências inovadoras em educação é preciso ir além e identificar meios de promover o protagonismo entre as crianças. Anderson criou diversas etapas e os próprios alunos foram responsáveis pelo desenvolvimento de cada uma. O professor tornou-se um mediador, enquanto as crianças assumiram uma posição mais ativa, que gerou um novo olhar sobre o processo de aprendizagem.


Inclusão escolar na prática – As experiências inovadoras em educação também podem promover a inclusão. Foi o que fez uma creche de Blumenau, em Santa Catarina, ao contratar uma auxiliar de professora que é portadora da Síndrome de Down. Júlia Beatiz Spezia, tem 19 anos e contribui para o processo de ensino. Ela conta histórias, trabalha a música na educação infantil e assessora nas demais atividades. A professora Sandra Ledur explica que a experiência é muito positiva e a troca de vivência é muito rica, pois tanto as crianças aprendem com a Júlia, como ela aprende com as crianças.

Você conhece outras experiências inovadoras em educação? Compartilhe conosco nos comentários.

 

Comentários

Receba as nossas novidades

a gente promete só enviar notícias legais! ;)