Investir em espaços focados para crianças aumenta a atratividade dos negócios

"Segundo IBGE, nos próximos dois anos o Brasil terá 44 milhões de crianças e de pré-adolescentes. Deste total 23,7 milhões serão crianças de até seis anos."

Áreas especialmente voltadas às crianças e aos pré-adolescentes costumam oferecer tranquilidade e segurança. Seja em consultórios médicos, clínicas de vacinação, de fonoaudiologia ou de psicopedagogia, hotéis, pousadas, restaurantes, lojas, condomínios, coworkings, buffets ou casas especializadas onde pais e filhos podem brincar juntos, brinquedos educativos e que desenvolvam os potenciais de crianças são sempre muito bem-vindos.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2020, o País terá 23,7 milhões de crianças até seis anos. Entre sete e doze anos, serão 20,4 milhões totalizando mais de 44 milhões de brasileiros na primeira infância, infância e pré-adolescência. Não por acaso, desenvolver áreas especiais para os pequenos e os jovens dentro de negócios próximos a esse universo ou ao ambiente materno e paterno é um investimento que tende a manter os clientes por mais tempo nos locais e, com certeza, mais satisfeitos e felizes.

Para os pequenos

O momento para diversão em áreas focadas ao público infanto-juvenil geralmente conta com casinhas e escorregadores, piscina de bolinhas, pula-pula, mesinha para desenhos, bonecos, livros e videogames. Mas ele pode ser incrementado com a ludopedagogia ou pedagogia por meio da brincadeira, tornando o espaço ainda mais atraente e estimulante.

Foi justamente para proporcionar brincadeiras educativas (que desenvolvem conhecimentos e habilidades que a PlayTable foi criada. Como o nome diz, uma mesa projetada para atender as crianças (resistente, sem cantos pontiagudos e colorida) é equipada com uma tela de toque de 22 polegadas (ideal também para as crianças com alguma dificuldade de visão), que inclui apenas jogos educativos especialmente desenvolvidos pela própria companhia.

Quantos clientes você perdeu por não ter um espaço kids?

A mesa comporta até seis crianças brincando ao mesmo tempo, permitindo a socialização entre elas, e oferece jogos para todas as idades. Todo o conteúdo foi desenvolvido para ser estimulante também para crianças com deficiências motoras e psíquicas, tornando o equipamento um ótimo aliado de clínicas de reabilitação e de hospitais. Além disso, os pais de crianças pequenas que precisam ficar alertas com brinquedos pequenos, tóxicos, pontiagudos ou que se separam em diferentes partes, podem ficar despreocupados, pois a PlayTable não possui peças que possam ser engolidas ou que possam se tornar cortantes.

Por conta destas características, não requer contratações adicionais de monitores. Outra facilidade é que a mesa não demanda espaço mínimo (geralmente, brinquedos maiores, como piscina de bolinhas e camas elásticas demandam mais de 5 m²), tampouco a PlayTable demanda reposição de peças ou manutenção mensal.  E, por ser plana e de simples deslocamento, a mesa também é facilmente higienizada.

Sua área Kids pode ser mais tecnológica, divertida e, especialmente, estimulante com a PlayTable. Saiba mais!

Josiani Resendes

Coordenadora de Relacionamento na Playmove