Espaço Kids: porque investir nesse ambiente é um bom negócio?

Apostar em ambiente receptivo para crianças é um diferencial importante em diversos segmentos, do gastronômico até o comércio, pois assim você acolherá famílias inteiras e aumentará o alcance de clientes satisfeitos.

Por isso, antes de definir quais novidades você vai levar para a sua empresa, vale avaliar o contexto: já foi por uma pesquisa do instituto TNS/Interscience que 80% dos produtos ou serviços consumidos são influenciados diretamente pelos filhos.

Por que investir? Além da pesquisa já citada, outras questões deixam evidentes a importância de cuidar desta demanda com muito carinho:

  • Pais e mães que estão tranquilos em relação aos filhos ficam mais tempo nos estabelecimentos e, consequentemente, consomem mais;
  • Um experiência positiva sempre tende a gerar novas. Se a família foi bem recebida, com certeza irá voltar ao seu estabelecimento em breve;
  • Novas configurações de famílias estão surgindo e é cada vez mais comuns mãe e pais que cuidam sozinhos dos filhos, Eles sempre irão priorizar estabelecimentos kid frendly e é dessa forma que o seu negócio tende a crescer e se destacar da concorrência.

Antes de adquirir dezenas de opções para o seu Espaço Kids, não esqueça também de avaliar a qualidade dos itens. Confira abaixo uma check list certeira para não errar na compra:

- Defina o espaço: Se você ainda não conta com um ambiente exclusivo para as crianças, delimite um espaço. Tenha cuidado em relação ao local, evitando lugares com tomadas e interruptores de fácil acesso, escadas ou umidade. Fazer essa escolha corretamente evita a necessidade de aumento constante ou troca de espaço. Será um investimento em longo prazo e as aplicações como pintura, tapetes de PVC e papéis de parede não precisarão ser trocados com frequência.

- Itens atemporais: Evite itens com personagens que podem ser facilmente esquecidos ou que enjoam. Aposte em produtos como blocos de encaixe e jogos que podem ser utilizados por crianças de diferentes idades.

- Tecnologia sim, se for escolhida de forma correta: A nova geração de crianças está inserida no ambiente tecnológico desde muito cedo. Por isso, usar ferramentas com games pede atenção ao conteúdo e durabilidade. Além de apostar em versões educativas e jogos que não façam apologia à violência, fique de olho no dispositivo. Tablets quebram facilmente, e só poderão ser utilizadas por uma criança por vez. Já dispositivos como a PlayTable contam com tela resistente, estrutura ergonômica e é resistente a líquidos ou batidas - o que garante proteção ao equipamento.

- Cuidados e manutenções Para investimentos a longo prazo é importante evitar brinquedos que precisem ser lavados com frequência e que acabam estragando por conta desse processo. É o caso dos ursos de pelúcia, por exemplo. Também evite comprar jogos ou aplicativos sem garantia ou atendimento remoto. No caso da PlayTable, o cliente escolhe os games e pode atualizar o dispositivo de forma rápida e prática. Não existe a necessidade de técnicos ou a contratação de outros profissionais para realizarem a manutenção.

- Tamanho e composição dos objetos: Brinquedos de plástico, com partes muito pequenas ou pontiagudas, não são as melhores opções. Segurança em primeiro lugar! Materiais de madeira podem ser a solução, além dos brinquedos fixos que evitam quebras e prejuízos.

Saiba mais sobre o potencial da PlayTable para o entretenimento!

Quantos clientes você perdeu por não ter um espaço kids?

Josiani Resendes

Coordenadora de Marketing