Blog Aprender Brincando Blog Aprender Brincando
03 nov

6 razões para incluir a PlayTable no seu planejamento escolar de 2018

Novidades da Playmove playtable-um-dia-na-fazenda

Com o fim do ano chegando é hora de colocar no papel o planejamento do próximo período escolar. Além do ensino, gestão de matrículas, distribuição física das classes, organização de agendas e contratação de educadores, há ainda a questão do investimento em novidades para o colégio.

Muitas vezes os recursos para tais ações são escassos e é preciso optar por um produto que traga ganhos em longo prazo e possa ser utilizado por diferentes turmas. É o caso da PlayTable, que além de ser um console que é atualizado com novos jogos educativos conforme a necessidade e disponibilidade da escola, se aplica a diversas situações. Nós separamos seis delas, para que você possa analisar e incluir a mesa no seu planejamento escolar de 2018. Confira:

1 – Multidisciplinar: muitas vezes um produto adquirido pela escola só pode ser aplicado em uma ou poucas disciplinas. É o caso de peças de laboratório, muitas vezes usadas apenas nas aulas de ciências, ou de produtos como tablets, que acabam ficando restritos à informática. Todos estes investimentos são interessantes e necessários, mas é sempre um diferencial a opção que seja utilizada em todas as matérias. No caso da PlayTable, é possível adquirir jogos direcionados a determinadas disciplinas, como português e matemática, ou outros que abordem lógica ou coordenação motora, especialmente nas séries iniciais. Assim, podem ser usados em diversas situações e uma única mesa conta com um portfólio amplo, atendendo às necessidades de variados conteúdos.

2 – Educação infantil e séries iniciais: definir a escola em que o filho vai ingressar é, cada vez mais, motivo de pesquisa e preocupação. A nova geração de pais está mais engajada em relação à educação e quer instituições que atendam à perspectiva da família. E contar com diferenciais que apoiem a aprendizagem nos primeiros anos de forma lúdica e segura é um ponto extra para qualquer escola. No caso da PlayTable, a mesa é uma aliada nesta questão e pode tornar os primeiros anos de estudo menos exaustivos, mais interessantes e ainda render um aprendizado rápido, já que os games educativos auxiliam na fixação de diversos conceitos apresentados em sala de aula. E aprender brincando, claro, é sempre mais divertido.

3 – Inclusão: Acolher alunos com deficiências requer, muitas vezes, não só boa vontade, mas investimento por parte da escola. E a PlayTable foi pensada também para estes casos, se tornando uma alternativa tanto para escolas voltadas exclusivamente a modalidade de educação especial, quando no ensino regular. Além de conter diferenciais que auxiliam no desenvolvimento da coordenação motora e psíquica, os games também trazem opções de tradução em Libras, como no caso dos livros digitais, e cores que podem ser identificadas facilmente por daltônicos. Detalhes que fazem toda a diferença na integração desses alunos.

4 – Segurança e durabilidade: com certeza, ao planejar uma aquisição, você leva em consideração a durabilidade do produto, não é mesmo? Nós também pensamos nisso, e por esse motivo a mesa digital da Playmove totalmente segura e resistente, garantindo um bom tempo de uso.. A tela, por exemplo, possui uma proteção de 6mmé extremamente resistente à quebra. E a estrutura que envolve o console possui modelagem anatômica, sem cantos ou bordas pontiagudas e é feita em polietileno, que dá ao produto excelente resistência. Apenas um único cabo liga a mesa à energia elétrica, dentro dos padrões da ABNT.

5 – Atualização constante: mais do que um produto, a escola que opta pela PlayTable faz um investimento em um serviço. Isso porque, além de atualizações gratuitas do software, a Playmove disponibiliza periodicamente novas opções de games, que podem ser adquiridos de forma avulsa. Há ainda a possibilidade de personalização de alguns jogos, de acordo com a necessidade da escola, e o apoio de uma equipe especializada em ludopedagogia.

6 – Ensino bilíngue: desde 1998, com a publicação do Parâmetro Curricular nacional (PCN), existe a obrigatoriedade do ensino de língua estrangeira a partir da 5ª série. O ensino bilíngue, cada vez mais procurado – indicado não só para escolas públicas, mas também obrigatório na rede privada -, precisa de apoio e a PlayTable se encaixa perfeitamente nessa questão. São mais de 20 opções de jogos em inglês e 13 em espanhol, que irão facilitar a inclusão dos idiomas no currículo escolar. Os estudantes terão opções divertidas para memorizar o que foi apresentado em sala de aula, além de intensificar a expansão do vocabulário e a associação das expressões destas línguas com o dia a dia e questões comuns para a rotina dos estudantes.

 

Comentários

Receba as nossas novidades

a gente promete só enviar notícias legais! ;)